Terminal 4450: Embarque nesta viagem pelos sabores…

Querem conhecer um espaço contemporâneo onde se podem render aos prazeres da mesa? Um conceito inovador que se consubstancia numa perfeita simbiose entre gastronomia de excelência, simpatia no atendimento e uma atmosfera intimista? O Terminal 4450 está de portas abertas…

 

Mensalmente, organizo, com as #lovers Anabela e Nádia, um jantar para pormos a conversa em dia – girls stuff, basiclly – e tentamos variar no tipo de gastronomia que escolhemos. No mês passado – sim, estou um pouco atrasada na escrita, shame on me –, a escolha recaiu sobre o Terminal 4450. As fotos que fomos vendo aqui e acolá iam aliciando as nossas papilas gustativas e a decoração do espaço, com a vista privilegiada sobre o porto de Leixões, prometia um jantar relaxado. E as expectativas foram mais do que cumpridas. Diria mesmo excedidas.

À chegada, caminhámos por um longo corredor que se assemelha, na minha ótica, à manga que percorremos antes de entrarmos num avião. E esta alma de viajante que me está no ADN começa a palpitar à medida que reminiscências de viagens por Barcelona, Londres e afins fluem naturalmente pela minha mente. Acordei deste ‘sonho’ e deixei-me embarcar por esta viagem pelos sabores.

Feito o ‘check-in’, escolhemos bife de alcatra, acompanhado de cogumelos, batata frita, bata a murro, palitos de polenta e uma infinidade de outras coisas que nos fizeram sair de lá a rebolar – depois do jantar, aquela rampa na entrada pode até dar jeito! Uma paleta de sabores cuja combinação nos faz desejar que aquele jantar não acabe. Simplesmente divinal!

E a qualidade da carne? Tenra e suculenta, desfazia-se lentamente, enquanto nos deixava saborear aquele tempero harmonizado com o molho de mostarda. Se é apreciador de carne, não vai querer perder a oportunidade de se deliciar com um manjar dos deuses. Se não é apreciador, vá por mim…irá converter-se!

Convenhamos que, apesar de termos a sensação de termos devorado um leitão de 20 kgs, conseguimos sempre arranjar ali um lugarzinho para uma sobremesa, verdade? Quem nunca? Como amante de chocolate assumida que sou, escolhi a sétima maravilha do mundo. Já as minhas partners in crime escolheram a bola de Berlim que podem ver – e babar – na foto e o petit gâteau.

 

Não poderia terminar o post sem deixar uma palavra de apreço ao staff que foi super atencioso, em especial ao João (se não for este o nome, sorry 🙂 )

Terminal 4450 Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Leave a Reply